Cuidados com seu veículo após as férias
Revisão após longas viagens evita problemas no uso cotidiano

É comum que os motoristas façam um check-up de seu veículo antes de viajar para evitar complicações na estrada. Essa medida é altamente recomendável e deve continuar a ser observada. Entretanto, outra medida de manutenção extremamente importante nem sempre é considerada: a revisão pós-férias, aquela que deve ser feita após longas viagens. E que possivelmente será necessária após as festas de fim de ano e durante o mês de descanso. As viagens de férias têm grandes chances de desgastar o carro. Nessas ocasiões, os veículos costumam circular por estradas irregulares, fazer longos percursos em condições climáticas diversas, incluindo exposição demais ao sol. Por isso, antes do carro voltar aos deslocamentos rotineiros, é importante fazer uma revisão.

Primeiramente revise em casa

Como a parte de baixo é a que mais sofre durante as viagens, é bom dar uma olhada cuidadosa no chão da garagem para verificar se não há eventuais vazamentos de água ou óleo. Mas antes vale dar uma boa lavada no carro para retirar todo o vestígio de areia ou barro. Até porque a lama precisa ser retirada antes que seque e fique impregnada nas peças, o que pode levar a oxidação. Ainda em casa, confira se os pneus não precisam ser calibrados novamente. Verifique também o estepe e a bateria. Entretanto, se o seu destino foi a praia, a dica é lavar e encerar o carro antes da viagem para fazer uma proteção contra a maresia. Se isso não foi feito, pode ser preciso fazer a lavagem em local especializado para que não sobre vestígios e a pintura do carro não se deteriore.

Considere uma revisão com especialista

O enfrentamento de estradas esburacadas pode desregular a suspensão do carro. Então, devem ser checadas as bandejas, os pivôs, os terminais e também o sistema de rodagem, como pneus e rodas. Considere fazer um balanceamento e geometria para verificar se o carro não sofreu um desalinhamento por falta de estabilidade. Também merecem atenção os filtros de ar e de cabine, que protegem o motor das impurezas. Quando chegar a hora, eles devem ser trocados e nunca limpados. Também é importante avaliar os filtros de ar e de combustível, pois estando fora da região habitual, muitas vezes, o carro é abastecido em postos cuja qualidade do combustível não se pode assegurar. E as impurezas são prejudiciais para o motor, que começa apresentar falhas e queda no rendimento.


05/06/2018     Notícia
  SUGESTÃO DE LEITURA